Positividade: como lidar com as situações ruins


Na região frontal do cérebro, existem os chamados neurônios-espelho que, dentre tantas funções, servem como porta de entrada para que você passe positividade adiante e também seja contagiado por ela.

Para deixar isso mais claro, os neurônios-espelho foram descobertos na década de 1990, pelo neurofisiologista italiano Rizzolatti e por seus colaboradores, em pesquisas feitas com macacos Rhesus. Eles acabaram descobrindo que o cérebro do macaco tem uma classe especial de células (chamadas posteriormente de neurônios-espelho) e que elas disparavam quando o animal via ou escutava uma ação e a executava por conta própria.

Na época, isso deixou os cientistas endoidecidos, pois era uma descoberta e tanto. Depois eles descobriram que os seres humanos tinham neurônios-espelho muito mais evoluídos, o que explicava basicamente o porquê de certas ações serem repetidas em um determinado grupo.

Está ficando muito científico? Ok, vamos simplificar. Quando você vê alguém bocejando, sente vontade de bocejar também? E quando mostra a língua para um bebê, ele automaticamente mostra a ele para você de volta?! Os neurônios-espelho fazem com que ajamos de acordo com que os outros fazem, e não apenas com o que o próprio cérebro manda, e também não precisamos necessariamente agir, pois tudo o que o outro faz, acabamos fazendo até mesmo em nossa mente. Esses neurônios são capazes de ler a mente dos outros e influenciar nosso comportamento a partir disso.

Agora vamos à seguinte frase, de um verdadeiro mestre chamado Buda:

A lei da mente é implacável. O que você pensa, você cria. O que você sente, você atrai. O que você acredita, torna-se realidade”. 

Quem acredita nisso?!
Esse é o verdadeiro segredo de uma saúde mental em perfeito estado! Quer mais positividade na sua vida? Pense nisso e a atrairá! A mesma coisa com os neurônios-espelho. O comportamento de alguém com quem você se relaciona influencia diretamente o SEU comportamento.

Portanto, mude a sintonia!
Quer que todos à sua volta estejam mais felizes? Sorria e veja todos sorrindo também. Espalhe sentimentos bons, vibrações positivas e verá como tudo muda. Se a ciência comprova que podemos influenciar os outros, por que não usar isso para o bem? Sabe aquele colega com a cara fechada de manhã? Influencie-o a melhorar o humor! Temos cerca de 100 bilhões de neurônios, e 5% deles são os nossos amigos “neurônios-espelho”, portanto vamos testar sua capacidade.

Quer mudar sua realidade?
Comece acreditando no poder da mente! Não é preciso nem ciência nem Buda para nos fazer entender que atraímos o que queremos. Estejam positivos, que com certeza a positividade retornará para vocês!

Seria bom se todos fôssemos seres capazes de controlar os sentimentos. Isso é muito discutido em psicologia, por exemplo, com o termo “Inteligência Emocional”, que, basicamente, é o modo como qual lidamos com as emoções ao detectá-las. Entender quando estamos tristes, raivosos ou ansiosos é primordial para que saibamos o que fazer com isso, portanto, o descontrole é capaz de gerar situações ainda piores nessas horas. Logo, controlar estes sentimentos, é essencial para que não só problemas pessoais não aconteçam como doenças não ocorram, já que sabemos o quanto a liberação de certos hormônios mexe com o sistema cardiovascular, por exemplo.

Começaremos pelo “mal do século”, que é a ansiedade.
Alguns estudos tratam-na como distúrbio do pensamento. A ansiedade nada mais é do que o resultado de projeções
catastróficas sem fundamento. Uma vez que são seus pensamentos que fazem com que você fique ansioso, há alguns caminhos para controlar essa ansiedade, como aprender a negociar com seus pensamentos. Sim, neste momento convido você a questionar todos os pensamentos que o deixam ansioso e identifique-os. Depois, identifique quando esses pensamentos e medos tiveram origem, para que depois crie um novo plano de atuação. Elabore novas formas de pensar, mais verdadeiras e sensatas, para ocuparem o lugar. Claro que, se a dificuldade for muito grande, não só nessas horas, vale procurar a ajuda de um psicólogo, pois ele poderá auxiliá-lo!

Já para a raiva, os momentos de explosão e possíveis catástrofes sociais podem ser evitados com um truque meditativo derespiração. Isso mesmo, quando estiver muito estressado com alguma coisa, respire profunda e lentamente. Isso acalma o ritmo cardíaco e pode amenizar o sentimento aos poucos. Ouvir uma música calma e relaxante também pode ser útil nessas horas. Agora, se tem algo que pode amenizar até os momentos de tristeza é a prática de exercícios físicos. Você se lembra de que já foi falado aqui no blog que isso libera endorfina, um hormônio do prazer e do bem-estar? Então, provavelmente, nessas horas, o melhor que pode fazer é liberar todo esse sentimento em algum exercício prático, como a caminhada ou a corrida, por exemplo.

Quando você pratica exercício, libera adrenalina, sua, respira de forma mais ofegante, sensações bem parecidas com a raiva. No entanto, vai perceber que tais sintomas não estão ligados a um sentimento ruim, mas a algo bom. A endorfina liberada ajuda a acalmar e a gerir as emoções, portanto, lidar com o que está acontecendo se torna muito mais fácil! Se refletirmos que o causador dessa desordem mental é o pensamento, quem me acompanha sabe o quanto prezo e promovo a saúde mental, a energia positiva e o positivismo.

Em minha opinião, a maior parte da cura está na mente e, se não permitirmos que ela chegue nesses pensamentos negativos, consequentemente todo seu organismo será preenchido constantemente com positivismo. Conviver com pessoas negativas, mensagens negativas e querer ser positivo não adianta muita coisa. Se você não atuar com exercícios, meditações e respiração, os problemas do dia a dia vão detonar sua saúde mental, com os mesmos tipos de atividade! Se a atividade física lhe dá endorfina, a positividade libera uma sequência de novos pensamentos que atuam como “heróis” contra a negatividade etc.

Experimente!
A saúde física está diretamente ligada à saúde mental, que nada mais é do que a forma como a pessoa reage às exigências da vida e como ela mantém seus desejos, capacidades, ambições, emoções e atitudes consigo mesma e com as pessoas a sua volta em constante equilíbrio. Se você não resolver o problema, ele será somatizado no seu corpo, seja por meio de alguma doença, compulsão ou disfunção alimentar. Nem sempre é possível resolver certo problema, mas podemos resolver internamente alguma questão, e isso é o mais importante, afinal, se não estiver resolvido internamente, não estará resolvido de nenhuma forma.

Como já diria Sartre,

O importante não é aquilo que fazem de nós, mas o que nós mesmos fazemos do que os outros fizeram de nós”.

Todos podemos apresentar sinais de sofrimento psíquico em alguma fase da vida; é preciso saber que apresentar esses sinais não é sinônimo de uma doença mental, e, sim, um desequilíbrio emocional, que, muitas vezes, pode resultar em desequilíbrio biológico. Não devemos deixar isso abalar negativamente nossa vida.

E, finalmente, só quero encorajá-lo a fazer essa mudança. Você pode agir. Você pode ver os resultados. Você pode viver um ótimo estilo de vida.

Boa sorte e obrigado!

➖➖➖➖➖➖➖➖

Aproveitando a oportunidade, baixe nosso e-book gratuito:

gratuito

• 📕 EBOOK GRATUITO :➡️ www.palow.com.br/ebook-gratuito.pdf

Você sabia que você pode perder peso enquanto come comidas deliciosas com a dieta Paleo?

Você sabe como? Você sabia que pessoas que seguem a dieta Paleo não se preocupam em contar calorias? E que elas não comem de 3 em 3 horas? Elas só comem quando estão com fome, o que faz ser impossível abandonar a dieta.
.
Qualquer pessoa pode usar as estratégias deste curso para transformar seu corpo e sua vida. Você não precisa ser Ph.D. em nutrição para estar em forma, saudável e feliz. Comece com a dieta paleo e veja como é fácil!

➖➖➖➖➖➖➖➖

📕 Curso Dieta Paleo passo a passo:➡️ https://www.udemy.com/course/dieta-paleo-passo-a-passo/?referralCode=CD61A45D4683E1AD21BC
.
PREÇO: R$ 69,99
.
➖➖➖➖➖➖➖➖
Nível de experiência: Todos os níveis
Idiomas: Português
Legendas: Sim
Lições: 43
Duração: 4 horas
➖➖➖➖➖➖➖➖
Há algum requisito ou pré-requisito para o curso?
.
Não há nenhum pré-requisito. Apenas o acesso a um computador/tablet/smartphone para assistir aos vídeos e a vontade de aprender e agir.
.
➖➖➖➖➖➖➖➖

Quem são seus alunos-alvo?
.
Qualquer pessoa que queira usar as estratégias deste curso para transformar seu corpo e sua vida. Você não precisa ser Ph.D. em nutrição para estar em forma, ser saudável e feliz. Comece com a dieta paleo e veja como é fácil. Também para aqueles que procuram detalhes sobre como a dieta paleo ajuda a eliminar a gordura corporal.
➖➖➖➖➖➖➖➖

O que você aprende:
.
Ao final deste curso, você terá uma sólida compreensão dos princípios básicos da dieta paleo. Você terá acesso a estratégias e estruturas mentais que podem ser usadas para ajudá-lo a se livrar da gordura corporal indesejada e a mantê-la sem se estressar.
Você aprenderá quais alimentos são eliminados da dieta paleo e por quê.
Você aprenderá quais alimentos estão incluídos na dieta paleo e por quê.
Você obterá estratégias específicas para ajudá-lo a definir metas de transformação poderosas.
Você terá estratégias para ajudá-lo a seguir seus objetivos e superar obstáculos.
Você aprenderá a construir suas refeições paleo diariamente.
Você aprenderá a maneira livre de estresse de monitorar sua ingestão de alimentos. Nenhuma contagem de calorias é necessária.
Você aprenderá a maneira livre de estresse de acompanhar seu progresso e fazer ajustes simples no seu plano para superar os platôs.
Você aprenderá estratégias para melhorar áreas específicas da sua vida que o ajudarão a atingir seus objetivos de transformação mais rapidamente.
Você receberá suporte ao longo do caminho para ajudá-lo a permanecer no caminho certo.

➖➖➖➖➖➖➖➖

Para quem é este curso:
.
Alguém que quer ajuda para começar a dieta paleo e quem procura detalhes sobre como a dieta paleo ajuda a eliminar a gordura corporal.
.
➖➖➖➖➖➖➖➖
Instrutores:
Jair Ricardo
Patrícia Menezes
➖➖➖➖➖➖➖➖

 

Referências

Dr. Mohamad Barakat. Pilares de uma vida Saudável.

About the author: Patrícia Menezes

Patrícia Menezes

Leave a Reply

Your email address will not be published.