água

Água: Fundamental em praticamente todas as suas funções corporais


Vamos falar neste post sobre a importância de ingerir mais água. Ao menos 40ml/kg todos os dias. Não é segredo que a água compõe até 70% dos seus tecidos e tem papel fundamental em praticamente todas as suas funções corporais. Desde regular a temperatura a levar oxigênio às suas células, passando por remover impurezas do seu corpo.

No entanto, a maioria das pessoas acha que não precisam se preocupar com desidratação porque, para elas, isso acontece apenas com alguém que está viajando por locais desertos ou ainda em caso de diarréia ou vômito severos.

No entanto, a desidratação crônica é muito mais comum do que você imagina e afeta qualquer pessoa que não ingere água em quantidade e freqüência indicadas.

Essa forma de desidratação não tem efeitos dramáticos imediatos quanto a desidratação aguda de um viajante no deserto, por exemplo. Mas isso não quer dizer que elas seja menos destrutiva. Alguns problemas causados pela falta crônica de água no corpo incluem, mas não se limitam a:

  • Fatiga, perda de energia;
  • Constipação: Quando a comida mastigada entra no cólon, ela contem água demais que impede a formação das fezes, por isso a parede do cólon absorve e reduz parte da água. Na desidratação crônica, o colo absorve mais água para disponibilizá-la a outras partes do corpo.
  • Desordens digestivas: a secreção de suco gástrico diminui
  • Pressão alta ou baixa demais: o volume de sangue no corpo não é suficiente para preencher todas as artérias, veias e capilares.
  • Gastrite, úlceras estomacais: o estômago depende de água para produzir o muco protetor de sua parede.
  • Problemas Respiratórios: as membranas mucosas do sistema respiratório são umedecidas para proteger o trato de substancias que podem estar presentes no ar
  • Desequilíbrio Alcalino-Ácido do corpo.
  • Sobrepeso e obesidade: você pode comer mais que o necessário. Sede se confunde muito com fome.
  • Irritações na pele: seu corpo precisa transpirar de 500 a 700ml de água para diluir toxinas que podem irritar sua pele.
  • Colesterol: a desidratação remove muito liquido de dentro das células, o corpo tenta parar a perda produzindo mais colesterol.
  • Cistite, infecções urinárias.
  • Reumatismo.
  • Envelhecimento precoce.

Quando o corpo não recebe uma oferta constante e segura de água, ele precisa racionar o que está disponível e cortar algumas funções para fazer com que a água circule. Sistema básicos como o cérebro são priorizados, outros são prejudicados ou mesmo interrompidos, até o cérebro perceber que a água está novamente disponível em quantidade e qualidade seguras e normalizar toda a situação.

beba agua

Eu por exemplo, sentia dores de cabeça leves no decorrer do dia sem explicação aparente. Quando comecei a beber água com mais freqüência,  elas desapareceram. E, se por qualquer motivo, passo um ou dois dias bebendo pouco liquido, elas voltam.

Além disso, na desidratação o corpo passa a reter ao máximo a água com a intenção de garantir sua sobrevivência, já que toda vez que falta de água ou alimento na freqüência e quantidades necessárias, o nosso corpo é programado para reagir como se enfrentasse uma escassez, como nossos ancestrais viviam quando éramos apenas caçadores coletores.

Só essa retenção já é responsável por alguns quilinhos a mais e a sensação de inchaço que muitas pessoas relatam sentir. Quando você passa a tomar bastante água, seu cérebro não sente a necessidade de estocar água e a retenção de líquidos diminui. Um bom indicador se você
está ou não bebendo água o suficiente é a cor da sua urina. Se você não estiver tomando vitamina B12 (que deixa a urina amarelo quase fluorescente), você está tomando água na freqüência e quantidade certas se sua urina normalmente tem uma coloração amarela bem clara ou até mesmo fica transparente uma ou duas vezes ao dia.

Se ela estiver amarelo escura ou turva, é necessário aumentar a ingestão e freqüência que você bebe água. O ideal é distribuir a ingestão de água durante todo o dia na seguinte proporção:

  • 2/6 de manhã
  • 3/6 à tarde
  • 1/6 à noite

Assim há menos chance de você ter seus sono prejudicado pela necessidade de levantar para ir ao banheiro de madrugada. Se você toma 3 litros de água/dia, por exemplo, seria 1 litro de manhã, 1,5 l pela tarde e apenas 500 ml na parte da noite.

O importante é não esperar ficar com sede para tomar água, porque a sede já é um sinal de desidratação. Leve, mas ainda assim…

Água em excesso também pode fazer mal à saúde

Consumida em grandes quantidades, substância pode provocar a hiponatremia.

Caso você acredite que o consumo em excesso do líquido não é prejudicial à saúde, cuidado. Beber muita água pode provocar o desequilíbrio na concentração de eletrólitos no sangue, principalmente o sódio. O problema é chamado de hiponatremia, que significa a queda do nível de sódio sanguíneo e pode levar, em situações muito graves, à intoxicação por água.

Parece estranho, certo? Mas os sintomas deste tipo de intoxicação incluem dores de cabeça, fadiga, náusea, vômito, desorientação mental e até parada cardíaca. A hiponatremia ocorre quando os rins, que controlam a quantidade de água, sais e outras substâncias em nosso organismo, não conseguem liberá-las e “encharcam” o sangue. A água é atraída por regiões onde a concentração de sais é maior e entra nas células.

“É muito difícil um individuo normal que não usa medicação desenvolver a hiponatremia só bebendo água”, explica o nefrologista Virgílio Gonçalves Pereira Jr., do Einstein. “Isso ocorre na potomania, quando o paciente bebe mais de 20 litros por dia. Outra situação mais frequente são as provas de maratona. A pessoa faz a hidratação só com água e como perdemos muito sal na sudorese a hiponatremia pode acontecer.”

O problema pode estar relacionado, além do consumo em excesso da água, a alterações hormonais (hormônio antidiurético) e ao uso de medicações. A regulação da ingestão hídrica é mediada pelo ADH – o hormônio antidiurético. Quando sentimos sede, a ingestão de líquidos é capaz de saciá-la.

“O controle da natremia (controle do sódio) é muito bem feito pelo organismo entre a sede e a eliminação de água livre na urina feitos pelo ADH e rim, mas pode ser corrompido por medicamentos (alguns antidepressivos, diuréticos) de uso muito comum”, afirma o médico.

No entanto, os problemas citados e a potomania, uma doença psicogênica, podem sinalizar erroneamente ao nosso organismo que a quantidade de líquido ingerida não foi ou é capaz de “matar” a sede.

Quer aprender um pouco mais sobre a nossa filosofia? Clique Aqui.


CURTA ♥️ E COMPARTILHE ↔️ com seus amigo(a)s!😉👇🏻👇🏻👇🏻

Saiba mais em: ⬇⬇⬇

• 🌎 Website:➡️ www.palow.com.br/

• 🌎 blog:➡️ www.palow.com.br/blog

• 📕 EBOOK 100 RECEITAS PALEO:➡️ www.palow.com.br/ebook

➖➖➖➖➖➖➖➖

O QUE VOCÊ VAI RECEBER: ⬇⬇⬇

Receitas de Frangos, Carnes, Peixes, Frutos do Mar, Sobremesas, Lanches Rápidos, cardápios Diversos, Listas de compras…etc.

✅ Receitas para o café da manhã, almoço e jantar;

✅ Receitas fáceis e práticas;

✅ Livro digital ilustrado;

✅ Receitas que vão te ajudar definitivamente na perda de peso;

✅ Cardápios variados.

november black

E o preço por tudo isso? Por APENAS R$ 14,90 Reais com GARANTIA de 30 dias ou seu dinheiro de volta!

Quer Adquirir uma amostra imediatamente? Não sabe por onde começar?😕 Então baixe agora mesmo o nosso EBOOK GRATUITO 👇 Resultados 💯% garantidos ✔ Clique No Link abaixo ⬇⬇⬇

• 📕 EBOOK GRATUITO :➡️ www.palow.com.br/ebook-gratuito.pdf e Garanta já o Seu!😋.

Corra lá 🏃🏃🏃🏃🏃Comece hoje sua Reeducação Alimentar!🥥🍒🥦🍠🥕🥓🍳🍤🥩🍗🍖🧀🐟🥑

Quer ficar por dentro de todas as nossas dicas e receitas? Então curta e siga-nos no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram!

ACESSE NOSSO PERFIL E CONECTE-SE COM NOSSAS REDES SOCIAIS…

Facebook: //www.facebook.com/jairpalow

Instagram: //www.instagram.com/jairpalow/

YouTube: //bit.ly/2kOTxML

Twitter: //twitter.com/jro_rn

 


Referências:

www.care2.com
www.foodmatters.tv
www.nutritionj.com

//www.einstein.br

About the author: Patrícia Menezes

Patrícia Menezes

Leave a Reply

Your email address will not be published.